LIVRARIAS NO SÉCULO XXI, NA INTERNET E ONLINE (Part 1)

Nesta página reunimos os sítios que nos fornecem dados sobre as livrarias portuguesas em actividade e referimos alguns dos principais desafios que se colocam a este sector do mercado do livro, a saber:

  • Livrarias independentes;
  • Controle dos pontos de venda;
  • Livros a baixos custos;
  • Livreiros antiquários e alfarrabistas.

As livrarias portuguesas presentemente em actividade (grandes livrarias, livrarias especializadas, livrarias independentes, livrarias-papelarias…) encontram-se referenciadas na base de dados denominada LIVRARIAS, da responsabilidade da Direcção-Geral do Livro e das Bibliotecas e em permanente actualização.

Um pouco por toda a parte, o futuro das livrarias independentes, como a maioria dos adultos as conheceu, parece ter de passar pela respectiva modernização, pela formação profissional dos livreiros, por uma eventual associação que lhes permita oferecer serviços colectivos e pela reivindicação de um estatuto cultural específico e insubstituível na nossa vida quotidiana. Neste sentido, sugerimos a consulta de Librerías L, a organização espanhola de livrarias independentes, bem como o Guia das livrarias da Europa, da autoria de dois jovens Sonja da Sérvia e Ivan da Eslováquia, amantes de livros e viagens, que com esta iniciativa pretendem promover e divulgar as livrarias europeias, sistematizadas por cidade